Era uma vez o amor…

Tem gente assim por aí. Cuidado!

… talhado numa canoa. (ao som de Me Voy)

Foi assim: ele estava há muito carente e amargando um baita vazio. Ela parecia assim também.

Após as devidas apresentações, deixaram rolar o som e ele não pode deixar de fazer jus à veladas intenções. Acordes e olhares pra ela…

Numa dessas de olhar e gostar do que vê, conversar e gostar do que ouve, tocar e gostar do que sente, puseram-se a tocar a tal canoa como fosse apenas mais uma remada.

E não é que a corrente ajudou um bocado? Continuaram remando…

Umas corredeiras deram uns sustos, mas tudo parecia bem até ali. Continuaram remando…

Não mais do que de repente ela, por medo ou insanidade (tese que ele defende até hoje), deu com a pá na orelha dele e pulou na água.

Ele desacordado foi levado ainda pela correnteza rumo ao penhasco de 253 metros.

Quando acordou, quase sem chão, nem canoa, nem beira pra segurar, viu-a no horizonte e pediu socorro ao que ela respondeu “…não aguento mais!“.

Sem entender aquilo, e já caindo, prendeu o fôlego e…

Quebrados 176 ossos, coração e sonhos dele, teimosamente sobreviveu e agradeceu aos Céus por mais uma chance de acertar o rumo da canoa…

Ficou o aprendizado: cuidado com as asas que se arrastam para o teu lado!

[FIM]

A história é fantástica, mas os personagens são reais. E a dor também foi…

Publicado por

Michael Lourant

Pai, profissional de TI, estudante universitário, curioso inveterado e músico nas poucas horas vagas.

7 comentários em “Era uma vez o amor…”

  1. É, “Ela”.
    Eu já considerei essa possibilidade também, dentre tantas outras.
    Mas ficaram faltando algumas peças no meu quebra-cabeças e na falta delas, eu joguei tudo fora e resolvi montar um novo. Com mais cuidado, paciência e zelo desta vez que na anterior.

  2. Me dá um motivo pra ele ser Ridiculo. Por favor? Ele é ridículo pelo fato de estar se expressando? Pelo fato de querer algo novo pra vida dele? Não meu bem .. Isso não é ser ridiculo, então eu realmente posso dizer que você não sabe o que é ser ridículo .. Pra quem viu o que ele passou a única pessoa RIDÍCULA aqui é você. E está muito mais que certo, quando estiver faltando uma peça no seu quebra-cabeça jogue tudo fora, porque não vale a pena ficar guardando “ENTULHO” muito menos uma coisa que sabe que não vai ter concerto. Então primo, só quero te dizer que pra mim você é muito mais que um simples HOMEM, e sim um HERÓI…
    heroí não pelo fato de ser primo mais velho e sim por ser um exemplo Sincero do que é Família.
    Te amo meu Heroí!

  3. Cuidado, paciência e zelo.
    Nunca é tarde para aprender o básico.
    Parabéns! Agora vai dar certo..!!!!

    Só faltou apreender um conceito igualmente importante [a peça!]: Respeito!
    Respeito ao sacrifício que custa para construir uma canoa o.O
    Porém, construída, quem quer remar numa canoa furada? Sem colete salva-vidas? Eu que não… porque diferente de outros, não sou nenhuma ‘super-heroína’… não acredito que tenha algo de ‘insano’ ser de carne e osso.

    Mas a metáfora da pá na orelha foi uma boa…
    pra sua consciência, claro… A imagem então, nem se fala [link]


    [off] …

  4. Turma nervosa, heim!!!!

    Defeitos…quem não os tem???
    Como Ele falou…atire a primeira pedra quem não tem pecados…
    Eu como boa pecadora quero musiquinha no meu niver…Vai rolar? Ao vivo e a cores???
    bjs

  5. E isso é o amor?

    Espero que não mesmo!

    E se for, quero ficar imersa no tal “mundo cor de rosa”, onde o amor é um sentimento nobre.
    …..

    Se a canoa é metáfora para o amor, eu diria que custa mesmo muito sacrifício construí-la, mas, uma vez construída, ela salva, não pode ser uma canoa furada.

Que tal um comentário seu?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.