Obviedade do Dia

A violência é só mais um dos muitos traços humanos que nos causam estarrecimento a cada manifestação.

Mas a violência, como qualquer outro comportamento primal, também pode ser contornada com uma educação adequada embora, sejamos sensatos, não vá por si só resolver todos os problemas.

É ruim conviver com o terror, mas na minha modesta opinião o pior é conviver com a inércia perante o fato. Os fatos, pra ser mais preciso.

Óbvio como disse que seria, digo que somente com Educação adequada poderemos minimizar as ocorrências que justificam nosso parentesco com os macacos.

E sobre a morte em si, sem considerar a dor da perda ou a circunstância que levou a ela, é mister considerá-la como parte de um processo e Lavoisier descrevia bem este fato:

“Na Natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma.”

Pra nós que ficamos com as notícias e a dor da perda resta o aprendizado. Pra quem parte desta vida, uma nova fase.

Quando eu for professor…

Ontem enquanto prestava suporte técnico pra minha tia conversávamos sobre o caso Jair Bolsonaro e outras esculhambações.

Na minha humilde opinião, como sempre sugere uma amiga, é claro perceber que nosso país [e talvez outros] caminha para o que ouso chamar de “Super Decadência Humana”.

Recentes acontecimentos na política, cultura e, sobretudo, na educação me levam a crer que  país carece fortemente de Educadores que ao contrário da tendência, contribuam para um novo alavancar do conhecimento.

Meu Post It na Testa de hoje é pra me lembrar que quando eu for professor, dedicarei minha saúde pra honrar os meus mestres no sentido de contribuir para a evolução de nossa espécie e não para a iminente derrocada de todo conhecimento valioso produzido até aqui.

Até o próximo.